PÔ BOLACHA… QUE SACANAGEM CARA !!!

Tomei um puta susto quando minha cunhada falou :…”olha, morreu o LUCIANO DO VALLE”…Ela acabava de ver na internet…
O dia tinha transcorrido tão bem, vários parentes, gostoso churrasco e termina de forma tão triste…
“Bolacha”…( um carinhoso apelido) e eu começamos praticamente juntos.. Na década de 70 estávamos na Globo. O BONI havia inventado um novo jornalístico que se chamava ‘TELE REVISTA HOJE”, que deu origem ao jornal HOJE… NEIDE ALEXANDRE e FERREIRA MARTINS dividiam a apresentação, LUIZ LOPES CORREA, noticiário internacional; LUCIANO DO VALLE, comentário esportivo e eu contava um caso policial…Luciano chegara há pouco de sua Campinas querida…Geraldo José de Almeida comandava o Depto de Esportes e logo percebeu que o garoto de Campinas era bom mesmo…Luciano, meu querido Bolacha, era eclético conhecia “tudo” de todos os esportes.. Conhecia, como ninguém, as regras do Basquete e tinha especial predileção pelo Vôlei… Que se faça justiça : se o vôlei chegou no que é hoje, tudo se deve ao Luciano…Ele amava todos os esportes …
Eu estava em Paris e recebi uma ligação do Luciano :…”João, estamos indo para aí amanhã. Tô indo cobrir a corrida do Fittipaldi, que vai correr em Paul Ricard, então vamos direto para Marselha”…
Desliguei o telefone, aluguei um carro e fui “voando” para Marselha encontrar o meu amigo Bolacha…Ficamos juntos quatro maravilhosos dias. Acompanhei ao seu lado a corrida vencida pelo Emerson…Ficamos no Hotel Le Bois …Ele voltou comigo para Paris, ficou mais um dia e retornou para o Brasil…Não preciso dizer que nos “divertimos” muito nesses dias… ninguém é de ferro, né?…Luciano era companhia perfeita (quando gostava da pessoa)… bom de prato, bom de copo e bom de papo…No início dos anos 80 eu sai da Globo, Luciano saiu logo depois… Seguimos caminhos diferentes por diferentes emissoras, mas sempre em contatos esporádicos, um acompanhando a carreira do outro…Nos gostávamos mutuamente e nossos encontros eram sempre festivos de muitos e calorosos abraço…
Pô Bolacha… não vou mais te encontra nas churrascarias da vida, para aquele “!festival” de abraços apertados de amigos que se querem bem…Pô Bolacha, essa SUA não estava combinada… quanta gente fica aqui chorando sua partida… e eu não vou receber o telefonema avisando de sua chegada dessa viagem …Vai com DEUS querido amigo…

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *